Connect
To Top

Chitãozinho & Xororó e Bruno & Marrone emocionam o público

Show-bruno-e-marrone-uberlandia-camaru-2015Na penúltima noite de shows do Camaru 2015, Chitãozinho & Xororó e Bruno & Marrone dividiram o palco da arena de Shows do Parque de Exposições para delírio do público, que mais uma vez, lotou o espaço. As duas duplas estiveram juntas na abertura e no encerramento e durante a apresentação se alternaram no palco.Camaru Show Bruno e Marrome e Chitãozinho e Xororo40 Camaru Show Bruno e Marrome e Chitãozinho e Xororo41Chitãozinho & Xororó trouxeram canções que são verdadeiros clássicos da música sertaneja, como ‘Evidências’, ‘Vá Pro Inferno com seu Amor’, ‘Se Deus me ouvisse’ entre outros sucessos, mas o grande momento do show, que arrancou suspiro dos casais apaixonados, foi quando cantaram ‘Fio de Cabelo’. “Essa música tem uma importância muito grande na nossa carreira”, disse Xororó. Sobre o trabalho de divisão do palco com Bruno e Marrone, Chitãozinho afirmou que o projeto está consolidado. “Já nos apresentamos juntos em outros palcos e vamos manter este trabalho.”Bruno e Marrone Marrone-camaru-uberlandiaBruno-e-Marrone-camaru-uberlandia

Já Bruno & Marrone, que têm uma verdadeira legião de fãs em Uberlândia, deu o seu recado através de canções como ‘Vidro Fumê’, ‘Força Estranha’, ‘Acorrentado em Você’ e é claro o sucesso do início da carreira ‘Dormi na Praça’. “Essa música é o nosso Fio de Cabelo” brincou Bruno. “Essa canção foi decisiva para o nosso sucesso”, concluiu.

Entrevista Chitãozinho e Xororó

Entrevista com a Dupla Chitãozinho e Xororó

Entrevista com a Dupla Chitãozinho e Xororó

Difícil quem não cresceu ouvindo “No Rancho Fundo”, “Evidências”,  “Fogão de Lenha” ou uma música das maiores lendas do sertanejo, Chitãozinho e Xororó. A dupla me concedeu uma entrevista exclusiva, para contar sobre os 40 anos de carreira, da parceria com Bruno & Marrone, novos projetos… O primeiro disco lançado foi “Galopeira”, em 1970, mas o reconhecimento só chegou mesmo em 1982, com o “Fio de Cabelo” mais famoso do Brasil, do disco “Somos Apaixonados”, oitavo dos dois, que vendeu 1,5 milhão de cópias. De lá pra cá, já conhecemos toda a história de sucesso! Com mais se 25 milhões de CDs e DVDs vendidos, Durval de Lima e José Sobrinho de Lima não se assustam com o novo mercado sertanejo, e estão sempre inovando.

Fashionando – Com mais de 40 anos de carreira, vocês ainda continuam no topo das paradas. À que atribuem o sucesso até hoje?
Xororó: Nós sempre batalhamos muito para conquistar nossos objetivos, mas não imaginávamos que chegaríamos onde estamos hoje, e damos muito valor a tudo o que conquistamos! A nossa parceria dá certo porque sempre lutamos juntos para sermos reconhecidos pela nossa música. Neste ano, vamos completar 45 anos de carreira, então já estamos pensando em comemorar os 50. Risos.Camaru Show Bruno e Marrome e Chitãozinho e Xororo42

Fashionando – Atualmente vocês não vivem mais na correria de agenda cheia, e fazem, em média, 10 shows por mês. Como chegaram a essa decisão? Chega uma hora que o lazer e a família falam mais alto?
Chitãozinho: Chegamos a fazer mais de 200 shows ao ano, e aos poucos fomos pisando no freio, pois não conseguíamos nem descansar nossa voz. Hoje nós fazemos em média 100 shows ao ano. Estamos com a turnê “Pura Emoção”, “No Tom do Sertão”, e também dividimos o palco em algumas apresentações com a dupla Bruno & Marrone.agenda-de-shows-chitãozinho-e-xororó-2015-01

Fashionando – Em entrevista, afirmaram que “Quem é sucesso hoje, amanhã pode não ser nada”. Isso dá um certo medo?
Chitãozinho: Uma música que está no auge hoje, pode não estar amanhã. Mas existe espaço para todos os estilos, e os artistas talentosos conquistarão seu próprio espaço.

Fashionando – Com mais de 40 anos de carreira já passaram por várias fases do sertanejo. Acreditam que hoje esse estilo musical vive uma fase em que os artistas querem apenas emplacarem hits e se esquecem da qualidade?
Chitãozinho: Estamos de olho nos novos artistas sertanejos e sobre tudo o que tem surgido no mercado. Eles são a nova geração. Temos visto vários artistas bons, cantores e compositores que se destacam, e aqueles que tiverem talento, com certeza, permanecerão no meio.chitaozinho_xororo

Fashionando – Vocês estão sempre inovando. Gravaram um DVD com os novos sertanejos e outro entre amigos, o Sinfônico. Esperavam a repercussão toda do Ch & X Sinfônico? Têm planos de fazerem mais desse show?
Xororó: Foi incrível esse trabalho. Ganhamos o prêmio de melhor álbum de música sertaneja com “Chitãozinho & Xororó 40 Anos Sinfônico”, que gravamos na Sala São Paulo junto com a orquestra Bachiana Filarmônica SESI-SP. Nós gostamos muito de misturar os estilos, inovar, surpreender nosso público, fazer parcerias e mostrar nosso trabalho. Temos alguns projetos pela frente. Aguardem!Sinfonico-chitaozinho-e-xororo

Fashionando – A emoção no DVD Sinfônico é visível. Como foi a preparação desse projeto e a escolha dos convidados?
Chitãozinho: Nossos parceiros nesse projeto foram o maestro João Carlos Martins, a Maria Gadú, Fábio Júnior, Fafá de Belém, Djavan, Alexandre Pires, Jair Rodrigues, Sandy, Júnior Lima e Caetano Veloso. Foi um projeto incrível, do qual temos muito orgulho! Ganhamos até um Grammy Latino com ele.

Fashionando – Hoje estão em turnê com a dupla Bruno e Marrone. De onde surgiu essa parceria?
Xororó: Essa parceria começou em 2013, na cidade de Barretos. Fomos nomeados embaixadores da Festa do Peão de Boiadeiro junto com eles, e a partir daí já tivemos muitos encontros.chitaozinho-e-xororo-uberlandia

Fashionando – Teremos a gravação desse encontro. O que podemos esperar desse show?
Xororó: Estamos com alguns planos e projetos para essa parceria, que em breve vocês saberão. Aguardem!

Fashionando – Como foi misturar Bossa Nova com Sertanejo em “Tom do Sertão”?
Chitãozinho: Selecionamos músicas depois de rigorosa pesquisa sobre a obra completa do Tom Jobim, e escolhemos as canções que fossem ligadas ao universo sertanejo, fazendo alusão ao campo, à natureza e também ao amor, mas tomando o cuidado de não perder a melodia e o arranjo original das composições.

Fashionando – Como foi ser a primeira dupla sertaneja a fazer um show na Broadway?
Xororó: Temos muitos momentos emocionantes guardados. Aliás, cada momento com o nosso público é único e especial. Esse show na Broadway ficará registrado na nossa história e vamos repetir, com certeza. Foi uma sensação maravilhosa!

Camarim Bruno & Marrone 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais Entrevistas